Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

subjectividades

pensamentos, opiniões, reflexões, estados d'alma e afins...

subjectividades

pensamentos, opiniões, reflexões, estados d'alma e afins...

Uma dos aspectos que o (des)confinamento veio mostrar é que as mais pequenas actividades, anteriormente consideradas banais porque faziam parte do nosso dia-a-dia, são agora encaradas de forma diferente e propiciadoras de uma grande dose de prazer.

A última vez que visitei o meu barbeiro foi antes da declaração do primeiro Estado de Emergência e apenas para aparar a barba. Quer isto dizer que não cortava o cabelo há bem mais de dois meses (logo eu, que não gosto de cabelo muito grande). Assim que soube que iriam retomar a actividade, tratei logo de efectuar marcação. E ontem, aqueles minutos que passei na cadeira do barbeiro transmitiram-me uma enorme sensação de prazer. Tal como acontecerá quando me puder juntar aos meus amigos e à minha família para celebrar a vida!

 

03 Mai, 2020

dia triste

O dia, lá fora, está magnífico! Céu com poucas nuvens, o sol brilha, corre uma suave brisa. Um verdadeiro dia de primavera, contrastando com o que se passa cá centro, que mais parece um daqueles dias frios de outono que deixam antever a proximidade do inverno.

Hoje é Dia da Mãe, o primeiro sem a presença da minha! São quase cinco meses e, se na maior parte do tempo, ocupado com os afazeres do trabalho e outros que tento manter para me distrair e conservar um pouco da minha sanidade mental, principalmente nestes tempos de confinamento, alturas há em que a mais rotineira das tarefas me trás à lembrança a sua imagem.

Como se não bastasse, amanhã passa mais um aniversário da partida do meu pai. Já são vinte e sete e, a cada ano que passa, sinto a sua falta com uma intensidade crescente.

Quando estou assim, triste e deprimido, nunca tenho vontade de contrariar esse estado de espírito. Enquanto escrevo estas linhas, tenho feito pausas para pesquisar a banda sonora para um dia assim. Depois de várias tentativas, julgo os "fantasmas" dos Nine Inch Nails são mais do que apropriados.

Vou ficar quieto e sossegado no meu canto e deixar que esta onda me submerja. O dia acabará por passar e dar lugar a um novo!